• Minhãs fotos na Web

    Que barulhera e essa

    Hiiiiiiii

    Silencio

    Que soninho

    Hummmmmmmmm

    Hiiii

    Mais fotos
  • Arquivos.

  • Categorias

  • Mais Populares

  • Estatísticas.

    • 23,886 Visitas até o momento.
  • Online no momento.

  • Comentários dos visitantes e minhas respostas.

    miriam em Enganoso coração.
    miriam em Enganoso coração.
  • Tempo em Cabo Frio.

A parábola da bateria.

bateria

Jesus Cristo em seu ministério por diversas vezes se utilizou de parábolas, metáforas ou comparação para comunicar verdades absolutas. Essa estratégia tem como finalidade trazer clareza ao entendimento de uns e obscurecer o de outros, mas vamos deixar essa polêmica de lado e ir direto ao ponto.

Dois mil anos depois muita gente tenta fazer o mesmo ilustrando seus sermões ou inventando novas parábolas para justificar novas doutrinas ou velhas heresias. Uma delas é a parábola da bateria que ouvi a alguns dias atrás, ela compara o crente com uma bateria onde o crente vai todos os domingo a noite a igreja para ser recarregada, essa ilustração é no mínimo tendenciosa, ensinando princípios que não são bíblicos, são verdadeiras heresias minando a igreja de Cristo. Quero com este texto refutar três ensino embutidos nesta parábola que considero heresia:

Primeiro, ela ensina que a igreja abastece o crente de energia durante o culto solene de domingo a noite, no entanto as Escrituras mostram que o salvo encontra força para o dia a dia na bíblia, e na comunhão diaria com Deus.

segundo, ela estabelece hora e lugar para esse abastecimento que prefiro chamar de comunhão com Deus e com os salvos, neste caso Jesus é  rigoroso dizendo a mulher samaritana que o lugar não importa e sim ter o coração inteiramente voltado a busca de  Deus.

Terceiro, esta parábola enfatiza o ir a igreja a procura de receber, em detrimento do ideal de glorificar a Deus por sua infinita graça.

espero ter contribuído com minha singela opinião.

Soli Deo Gloria.